Consciência ecológica é combinação perfeita do esporte radical

Já pensou em juntar belas paisagens, muita tranquilidade e esporte? Também conhecido como consciência ecológica, o ecoturismo, é um importante setor do turismo brasileiro, que têm crescido a cada ano e agora começa a ser encarado como excelente alternativa para o desenvolvimento sustentável de inúmeras regiões. Afinal de contas, exercitar o corpo e, no caminho, contemplar a natureza, é tudo que estava faltando para enfrentar o dia-a-dia. O fato é que esportes de aventura e ecologia andam de mãos dadas, pois o meio ambiente é o grande astro, palco e cenário dessas modalidades.

O ecoturismo representa uma forma de uso do tempo sem estresse, precisamente como momento para o lazer, seguido pelo turismo.

Por sua vez, os esportes que utilizam a natureza como principal fator fazem parte do ecoturismo e podem ser chamados de eco-esportes. Muitos deles são chamados de radicais, pois propiciam fortes emoções aos praticantes. Podem ser praticados como hobby e quase todos podem ser competitivos e até mesmo profissionais. Segundo a Abeta (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de aventura, Caminhar em ambientes naturais, desbravar corredeiras em botes infláveis, Aventurar-se por cavernas e águas cristalinas, desfrutar tudo o que a natureza pode oferecer de forma sustentável e consciente,  são atividades que cada vez mais ganham o gosto popular.

No ecoturismo existe movimento, ação e as pessoas, na busca de experiências únicas e exclusivas, caminham, carregam mochilas, suam, tomam chuva e sol, tendo um contato muito mais próximo com a natureza e encontram esportes de aventura. Para os praticantes de esportes de aventura, o contato direto com a natureza e com seus limites, aproximam o ser humano da verdadeira ideia de liberdade.

No Brasil, esse importante segmento de atividade turística é super desenvolvido, e é considerada uma potência nacional e internacional no que diz respeito ao ecoturismo. E na prática ainda aproveitam atividades esportivas para o lazer e o prazer de estar desfrutando de paisagens lindas que o Brasil oferece.

Turismo ecológico: Esportes de aventura

Os esportes de aventura podem ser praticados de várias maneiras, além de estar perto da natureza, geralmente são caracterizados com certo grau de risco físico e praticados em condições extremas de altura, velocidade e clima, como descer uma corredeira, pular de um penhasco ou escalar uma montanha. Isto exige muito mais que um bom condicionamento físico. É preciso estar atento aos equipamentos de segurança, alimentação, técnica e até mesmo o estado mental. São mais de 25 atividades de aventura oferecidas no Brasil.

Alpinismo/Escalada: Com uso de equipamentos, essa atividade oferece momentos de adrenalina e técnica para alcançar o topo através de paredes rochosas.

Bóiacross: O Bóiacross consiste nas descidas em grandes bóias redondas pelo leito dos rios em níveis de corredeiras leves, moderados, podendo ser praticado por todas as pessoas de acordo com a dose de emoção desejada.

Canoagem: Canoagem é um esporte praticado em pequenos barcos (caiaques e canoas), com propulsão a remo, que pode ser disputado em diversas modalidades, tais como provas de velocidade, maratona, slalom, descida e outras.

Canyoning: Embora seja definido como uma espécie de alpinismo praticado em cachoeiras, o esporte vai muito além do rapel em cachoeiras, envolve tudo que diz respeito à exploração do ambiente dos canyons e dos rios em garganta.

Caving: Espeleologia é um esporte com toques de ciência e esporte de ação. A prática, repleta de ação e adrenalina, une a exploração de cavernas, pesquisa, documentação e conservação.

Cicloturismo: O ciclista se encontra com cores, formas, cheiros, sons, natureza, detalhes e mais detalhes da paisagem. A bicicleta permite que o ambiente seja vivenciado através de trilhas.

Hikking: Caminhada ecológica de curta duração, por trilhas, com monitores, as quais geralmente terminam com retorno ao ponto de partida.
Rafting: emoção ao descer corredeiras.

Rafting: O rafting é a prática de descida em corredeiras em equipe utilizando botes infláveis, equipamentos de segurança.

Rapel: Descida de montanhas, paredões, abismos e cachoeiras com uso de cordas.

Trekking: O trekking, também conhecido como enduro a pé de regularidade, consiste em andar no mato ou fazer uma caminhada ecológica. É um esporte que pode ser praticado por qualquer pessoa.

Paraglider: O paraglider permite que você voe por um bom tempo e sem ajuda de motor. Permite uma visão da natureza sem prejudicar o meio ambiente.

Mergulho: O mergulho é uma prática muito antiga que consiste na exploração submarina, utilizando-se ou não de equipamentos especiais.

Arvorismo: Atividade física que consiste em um circuito com obstáculos variados (pontes, redes, cordas ou escaladas) montado na copa de árvores.

Para melhor aproveitar sua aventura conte com a presença de guias ou instrutores experientes. No Brasil há diversos lugares e roteiros de ecoturismo espalhados para oferecer momentos de lazer, consciência ecológica e muito esporte.

Fonte: http://www.livresportes.com.br/

Leave a Comment

Translate »
%d blogueiros gostam disto: