Turismo participa de encontro de cidades históricas

Evento, organizado pela Confederação Nacional dos Municípios, discutirá também questões de interesse das prefeituras.

O Ministério do Turismo marcou presença, nesta segunda-feira (27), no amplo debate sobre desafios e oportunidades para o turismo nas cidades históricas e patrimônios naturais e culturais que ocorre até 30 de novembro, em Foz do Iguaçu (PR). Trata-se do Diálogo Municipalista e do 4º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas e Patrimônio Mundial que reúne representantes de instituições públicas e privadas, prefeituras e de países sul americanos.

Na abertura do evento, organizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o secretário executivo do MTur, Alberto Alves, falou sobre as iniciativas da Pasta em prol preservação do patrimônio cultural brasileiro, gestão dos destinos e apoio às cidades históricas. São mais de R$ 230 milhões investidos na restauração de prédios históricos, implantação e recuperação de museus, revitalização de centros históricos, implantação de vias de acesso a atrativos culturais, entre outras obras.

“Sabemos da importância dos atrativos históricos para alavancar o turismo no nosso país. Por isso, encaminhamos na última semana ao TCU o Plano de Ação para Formulação de uma Política Nacional de Gestão Turística de Sítios Declarados Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade. Seu conteúdo, bem como o detalhamento dos próximos passos para implementação dessa política serão debatidos aqui neste encontro e estamos confiantes do sucesso deste debate”, afirmou Alberto Alves.

Está prevista para a terça-feira (28), a participação do diretor de Planejamento e Gestão Estratégica do MTur, Neusvaldo Ferreira Lima, junto a um representante do Sebrae, na mesa de debates Qualificação da Gestão dos Destinos e Plano de Gestão do Patrimônio Mundial. Outros temas da pauta do evento tratam de sustentabilidade de projetos para destinos com patrimônios naturais e culturais, financiamentos para o segmento, empreendedorismo. Haverá ainda a apresentação do Roteiro de Turismo Integrado – Missões Jesuíticas com participação de Brasil, Paraguai, Uruguai e Chile.

O primeiro dia de debates do evento será dedicado a questões relacionadas aos municípios: iniciativas e boas práticas para uma gestão de qualidade; o movimento municipalista e a articulação no Congresso Nacional e; projetos inovadores, serão temas abordados. Para o dia 29 está prevista a divulgação da Carta de Foz do Iguaçu como resultado do encontro.

Fonte: http://www.turismo.gov.br/

Deixe uma resposta